Guilherme Nogueira

Quando o assunto é energia elétrica, todos ficam em alerta, afinal, com a quantidade de instalações e eletrodomésticos que se costuma usar no dia a dia, é esperado um custo alto no fim do mês. Se é difícil administrar esse consumo em uma casa, a missão fica ainda mais difícil para síndicos, que precisam administrar as áreas comuns utilizadas por um condomínio inteiro. Neste artigo vamos entender melhor como o sistema funciona e se vale a pena investir em energia solar para condomínios.

Neste artigo, você encontrará:

– O que é energia solar

– Quais as vantagens da energia solar?

– Energia solar para condomínios

– Quanto custa para colocar energia solar em um prédio?

Qual a legislação para instalar painéis solares em condomínios?

– Morar em condomínio fechado

 

Para oferecer conforto e comodidade aos moradores, os condomínios residenciais estão apostando cada vez mais em projetos completos e ousados, acarretando em um maior consumo de energia. Uma solução que pode ajudar nessa gestão de consumo é a adesão à energia solar, que permite suprimir a demanda de energia elétrica para as áreas comuns, reduzindo os custos com eletricidade.

O que é energia solar

O sol é uma fonte de energia renovável capaz de gerar eletricidade. Através da instalação de placas fotovoltaicas, é possível fazer a conversão direta da luz e do calor do sol em energia elétrica.

A energia solar é uma fonte alternativa e sustentável, podendo ser utilizada por diferentes tecnologias, como aquecedores solares, painéis fotovoltaicos e usinas termossolares. 

Como é produzida a energia solar?

A energia solar é obtida por meio da incidência dos raios de sol, que são captados pelas placas fotovoltaicas. Essas placas são instaladas nos telhados das edificações: seus módulos captam a luz do sol e transportam-na para um inversor que fará o aproveitamento dessa luz dentro do imóvel. 

 

As principais maneiras de aproveitamento da energia solar são para geração de energia elétrica e para o aquecimento de água.

Quais as vantagens da energia solar?

A energia solar não polui, é renovável, limpa e sustentável. Essas são importantes vantagens do sistema. Além disso, e especialmente no Brasil, a luz solar é considerada um recurso infinito e abundante. Ou seja: tem para todo mundo!

Outra vantagem é que a energia gerada através das placas fotovoltaicas é silenciosa e tem uma vida útil que pode chegar a mais de 30 anos.

O sistema de energia solar pode ser instalado em uma residência, estabelecimentos residenciais e comerciais, indústria ou propriedade rural de forma simples e eficiente, permitindo uma economia de até 90% do valor da conta de luz.

Por que a energia solar para condomínios é vantajosa?

Condomínios que contam com o sistema de energia solar chegam a reduzir os custos com eletricidade em até 90%, uma economia que faz grande diferença no orçamento. 

Em períodos de pico de geração – naqueles dias mais ensolarados -, é possível distribuir o excedente gerado, caso o condomínio não vá consumir tudo. Isso significa que, nesses momentos, o condomínio pode fornecer energia e ser remunerado por isso. 

Por ser um excelente investimento, o sistema de geração de energia solar valoriza um imóvel ou empreendimento. Além disso, o sistema exige um custo de manutenção relativamente baixo. A principal preocupação é mantê-lo limpo.

Energia solar para condomínios

Antes de qualquer coisa, é importante lembrar que qualquer melhoria em condomínios precisa ser aprovada em assembleia. Por isso, se você pretende implantar a energia solar em seu condomínio, solicite orçamentos e tenha o projeto em mãos para apresentar aos moradores.  

Projeto de energia solar para condomínios

Um sistema de energia fotovoltaica pode ser instalado nas áreas comuns do condomínio, conforme Resolução Normativa da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Os moradores do condomínio também podem aderir ao sistema de autoconsumo, através da instalação de painéis solares nas varandas, por exemplo.  

Tudo vai depender de como o regimento interno trata do assunto. Caso não haja nada a respeito, é preciso lançar a proposta de inclusão, com todas as regras aprovadas pela maioria dos condôminos em assembleia.

Como instalar energia solar 

A capacidade de geração de energia elétrica de um sistema de placas fotovoltaicas está diretamente relacionada ao tamanho da área disponível para instalação. Cada placa com potência de 325 W mede 2 m2. Logo, é importante avaliar bem quais serão os espaços utilizados. Conte com a ajuda de empresas especializadas nesse tipo de projeto.

como instalar energia solar

 

Para melhor aproveitamento da incidência dos raios, as placas devem ser instaladas voltadas para o Norte. 

Como a energia solar é distribuída em um condomínio?

A energia solar pode ser distribuída no condomínio de duas maneiras: para uso nas áreas comuns e para unidades consumidoras. No que diz respeito às áreas comuns (áreas de lazer, portaria, salões de festa, entre outros), os gastos são distribuídos igualmente entre os moradores, estando incluso na taxa de condomínio paga mensalmente.

A distribuição para as unidades consumidoras consiste no uso individualizado por cada unidade habitacional. Essa possibilidade vai depender do projeto de implantação do condomínio. Com isso, cada morador recebe a energia de forma igualitária ou de acordo com o consumo médio.

É importante destacar que o sistema solar não gera energia durante a noite. Caso não exista uma estrutura de baterias associada, só será possível consumir essa energia ao mesmo tempo em que ela é gerada.

Quanto custa para colocar energia solar em um prédio?

O custo de implantar energia solar em condomínio vai depender das características e demandas do projeto. Um condomínio que gasta cerca de R$ 2 mil por mês com energia elétrica precisaria realizar um investimento entre R$ 80 mil e R$ 90 mil na instalação de placas, por exemplo, para tentar zerar essa conta.

Nesse cenário, o investimento se pagaria em 4 anos e o condomínio teria, pelo menos, 25 anos de vida útil das placas, podendo chegar a mais de 30 anos de aproveitamento.

Financiamento de energia solar para condomínios

Por conta dos aspectos sustentáveis e por se apresentar como uma fonte de energia alternativa, o governo brasileiro vem incentivando a implementação da tecnologia por meio de financiamento, com oferta de linhas de crédito exclusivas para sistemas de energia solar. Bancos também oferecem financiamento com linhas exclusivas para condomínios, desde a elaboração do projeto até a instalação das placas solares.

Qual a legislação para instalar painéis solares em condomínios?

A prática de utilização de energia solar em condomínios é regulamentada pela resolução no 687/2015 da ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica. 

Quem mora em condomínio pode colocar energia solar?

Sim! A legislação prevê que a energia gerada pelo sol pode ser utilizada nas áreas comuns e também compartilhada entre os condôminos.

Energia solar em apartamento individual: é possível? 

Existem algumas soluções que podem ajudar na implantação de energia solar em apartamentos individualizados. Espaços livres nas varandas, por exemplo, podem servir muito bem para instalação das placas. O ideal é que o espaço passe o dia sem sombras, mas mesmo assim, por meio da irradiação solar, é possível produzir energia.

As coberturas também são excelentes opções para instalação do sistema de energia solar. Inclusive, elas podem servir como ponte para distribuição da energia consumida para outros apartamentos.

Alguns apartamentos no térreo, ou casas de condomínio que possuem quintal, também dispõem de área que pode servir para a instalação do sistema. O ideal é que se tenha espaços abertos, com incidência solar, preferencialmente sem sombra e com área suficiente para atender a demanda desejada de placas solares. 

Morar em condomínio fechado

Morar em condomínio vem sendo a primeira opção de muitas famílias, principalmente pelas inúmeras vantagens agregadas aos moradores. No que diz respeito ao sistema de energia solar, o custo de implantação chega a ser bem mais em conta para quem mora em condomínio fechado, visto que os projetos costumam contemplar todas as unidades consumidoras.

A BH Brokers é uma imobiliária especializada em imóveis de alto padrão e de luxo, com expertise na venda e locação de imóveis em condomínio fechado, atendendo os desejos inerentes a cada perfil de cliente. Você fala como deseja o seu imóvel dos sonhos e nós encontramos para você. Simples assim!

 

Se preferir, entre em contato com a nossa equipe de consultores pelo WhatsApp!

Leia também: Como escolher a casa perfeita em condomínio fechado 

Guilherme Nogueira

Guilherme Nogueira é diretor de marketing da BH Brokers desde sua fundação em setembro de 2014. É formado em Administração de Empresas pelo IBMEC. Corretor de imóveis desde 2010, é especializado no mercado de alto padrão. CRECI MG 34.554.